Senai Mato Grosso é reconhecido entre os melhores do país pela oitava vez

0
72

Na Semana da Indústria, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai MT) comemora a conquista de mais um prêmio importante. Pela oitava vez consecutiva a instituição foi reconhecida entre os melhores Senais do país em desempenho. A conquista foi anunciada durante a solenidade de premiação na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), nesta quarta-feira (22).

A avaliação, intitulada ‘Regra Nacional de Desempenho’ reconhece as melhores performances entre os regionais do Senai nos 27 estados brasileiros. O Senai Mato Grosso conquistou o terceiro lugar na categoria de Desempenho Geral do ciclo 2018, cujo prêmio é de R$ 300 mil, destinado à modernização da gestão, desenvolvimento de pessoal, práticas e ferramentas de melhorias contínuas.

A avaliação do Senai consiste em mensurar 12 indicadores voltados à Educação Profissional e Soluções em Tecnologia e Inovação, em quesitos como sustentabilidade, eficiência ocupacional e satisfação dos clientes.

“Os desafios crescem ano a ano e o Senai segue com a missão de fazer a diferença na vida das pessoas e no desenvolvimento de nosso estado. Estamos pautados pela transparência e valores de uma instituição séria e comprometida com as indústrias e a sociedade. Por trás de cada número, estão pessoas comprometidas e dispostas que constroem a cada dia a grandeza deste S”, pontua a diretora do Senai MT, Lélia Rocha Abadio Brun.

Para o presidente do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt), Gustavo de Oliveira, o prêmio é o símbolo da consistência do trabalho do Senai nos últimos anos. “É o resultado de muito investimento, trabalho e, principalmente, da dedicação da equipe, que não mede esforços pra entregar cada vez mais resultados. É muito bom saber que em um cenário tão competitivo, com 27 estados concorrendo, alguns muito mais industrializados que MT, nós estamos entre os melhores. É motivo de muito orgulho para os mato-grossenses e, ainda mais, para a Federação das Indústrias”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here