Unidades prisionais do Estado recebem novas viaturas 4X4

0
103

O Sistema Penitenciário de Mato Grosso recebeu, nessa sexta-feira (14.12), 19 novas viaturas que irão atender as demandas das unidades prisionais da capital e do interior do Estado. As caminhonetes, modelo Mitsubish, foram adquiridas por meio de recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) e irão substituir viaturas que compõem a frota de veículos locados do sistema penitenciário, que atualmente é de 240 carros.

De acordo com o secretário de Estado de Justiça e Diretos Humanos, Fausto Freitas, a substituição irá gerar uma economia mensal de R$ 200 mil ao governo ou R$ 2,5 milhões ao ano. “Estes veículos foram adquiridas com recursos do Funpen (Fundo Nacional Penitenciário) e estão vindo para substituir viaturas semelhantes que eram locadas”, ressaltou o secretário.

Os veículos possuem tecnologia 4X4 com guincho e equipamentos sonoros e foram adaptados para realizar o serviço de escolta com total segurança aos agentes penitenciários e também aos recuperandos. Ao todo foram investidos R$ 3,648 milhões na aquisição. Além das penitenciárias da capital e do interior, as novas viaturas irão beneficiar também as unidades especializadas Serviços de Operações Especiais e Grupo de Intervenção Rápida.

A segunda maior penitenciária de Mato Grosso, Mata Grande, no município de Rondonópolis, foi uma das unidades contempladas com a entrega. Segundo o diretor da penitenciária, Ailton Ferreira, as caminhonetes aperfeiçoarão o serviço de escolta realizado principalmente na região norte e sul do Estado. “Hoje a nossa unidade possui uma população carcerária de 1.500 presos e as duas viaturas que recebemos irão reforçar a nossa frota”.

A aquisição dos veículos faz parte de um pacote de investimentos feitos pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso (Sejudh-MT), com aporte fundamental de recursos do Funpen, para equipar e aprimorar as atividades do Sistema Penitenciário e dos servidores.

“Temos um sistema penitenciário em Mato Grosso que é referência para os demais Estado do país e o governo estadual tem investido muito forte na melhoria das unidades, oferecendo melhores condições de trabalho aos servidores na área de segurança e também nas áreas estratégicas de ressocialização e inserção social aos reeducandos”, disse Fausto.