Prefeitura apresenta novo modelo de transporte; investimento será de R$ 110 mi

0
76

Em audiência pública a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) apresentou à população uma proposta para solucionar os problemas do transporte coletivo na Capital, na quarta-feira (19). O modal prevê testes para quatro novos ônibus entre híbridos e elétricos, além da possibilidade de implantação do Veículo Leve sobre Trilho (VLT).

O setor deve receber incialmente investimentos de R$ 110 milhões e a previsão para o lançamento do edital é para abril de 2019.De acordo com o titular da Pasta, Antenor Figueiredo, do encontro saíram ponderações que poderão nortear uma próxima audiência antes do lançamento da licitação.

“Convocamos essa primeira audiência pública para que a população pudesse contribuir neste processo, com sugestões que ajudarão a melhorar o atendimento à zona rural, a criação de novas linhas e tudo o que for necessário de uma forma geral”, explicou.

O projeto leva em consideração uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) e foi desenvolvido a partir da realização de um amplo estudo, que diagnosticou a situação do transporte na Capital. Assim, o levantamento aponta problemas relacionados aos terminais, linhas e qualidade dos ônibus.

Para resolver as questões o modelo prevê que, inicialmente, 33% da frota seja climatizada. Em cinco anos, contudo, a porcentagem chegará a 100%. “Por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, será uma licitação composta de veículos novos, com ar condicionado e um sistema de rede moderno”, disse o secretário.

A população de maneira democrática teve a oportunidade de sugerir, e apresentar seus apontamentos obtendo as respostas dos gestores da Semob, ou do engenheiro civil, técnico da empresa contratada, Arlindo Fernandes.

O encontro aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Educação e reuniu também representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB MT), vereadores de Cuiabá, Associação Mato-grossense dos Deficientes, Associação de Usuários do Transporte Coletivo.