TRIBUTO PERIGOSO: Paulo Guedes insiste com o Senado para criar “imposto do pecado”

0
58

IMPOSTO INDESEJÁVEL

Com  muita insistência, o ministro da Economia, Paulo Guedes, passou a defender veemente   um novo imposto (sobre transações eletrônicas ou sobre “produtos do pecado”) para reduzir a tributação que as empresas pagam sobre os salários dos empregados.O imposto sobre “pecados” incidiria sobre produtos como bebidas alcoólicas, cigarros e alimentos processados com açúcar. Já o imposto sobre transações eletrônicas seria cobrado, sobretudo, das cinco grandes empresas de tecnologia: Google, Apple, Microsoft, Amazon e Facebook.A coluna apurou que a estratégia que já foi rejeitada tanto pelo presidente Bolsonaro,  como também  pelo Congresso Nacional.TÁTICAO presidente Jair Bolsonaro pretende criar uma assessoria especial em seu gabinete e nomear para a vaga um militar, que teria a função de ajudá-lo na coordenação das ações do governo. A tarefa deveria caber ao ministro Onyx Lorenzoni, que tem sofrido um processo de perda de atribuições dentro do governo. O convite foi feito para o almirante Flávio Augusto Viana Rocha, atual comandante do 1.º Distrito Naval, no Rio de Janeiro.

TROCAS RÁPIDAS

Em pouco mais de um ano de governo, o presidente já  promoveu a quinta mudança em seu ministério. O chefe do Executivo nomeou ministro do Desenvolvimento Regional o atual secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, ex-deputado federal pelo (PSDB). Ele substitui Gustavo Canuto, que será realocado para presidir a Dataprev, a empresa de processamento de dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

LULA NO VATICANO

Saiu hoje a  decisão da  10ª Vara Criminal Federal do Distrito Federal aceitou o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para adiar um interrogatório para que ele vá ao Vaticano, onde tem um encontro agendado com o papa Francisco em 13 de fevereiroLula, que aguarda em liberdade o resultado de um recurso contra uma sentença de cerca de nove anos de prisão por corrupção, pediu o adiamento do interrogatório agendado para a próxima terça-feira, 11 de fevereiro, na 10ª Vara Criminal Federal do Distrito Federal, devido a sua viagem à Itália e ao Vaticano entre os dias 12 e 15.PAPEL DE OTÁRIOO presidente Jair Bolsonaro afirmou recentemente que se trata de “vergonha na cara”, e não de um ato de “populismo”, sua recente crítica ao preço dos combustíveis. Ele disse que faz “papel de otário”, já que a Petrobrás reduz o preço médio da gasolina e do diesel nas refinarias, mas, segundo ele, a diferença não é repassada para o consumidor.

SEM SAÍDA

Sem base consolidada no Congresso Nacional, o Planalto concentra a articulação política nos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para tentar acelerar a tramitação e aprovar as propostas do pacote econômico, além das reformas – tributária e administrativa – antes das eleições de outubro.

ALERTA

O desmatamento agressivo da Amazônia está começando mais cedo neste ano, disseram agentes do Ibama, ao passo que nesta sexta-feira dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostraram que a destruição dobrou em janeiro se comparada com um ano atrás.

OBRAS NO STF

A sede do Supremo Tribunal Federal (STF) passa por uma obra de restauração das esquadrias. O vitral comum está sendo substituído por um temperado, que não produz estilhaços em caso de quebra. O valor aproximado da reforma é de R$ 4 milhões. O prédio já tem 60 anos.

PAPUDA

Uma outra polêmica  em Brasilia, diz respeito a decisão do governo de  mandar reforçar a segurança no entorno do Presídio Federal de Brasília com o Exército, a seccional da Ordem dos Advogados do Brasil no DF (OAB-DF) disse que vê com preocupação a decisão. E promete retomar medidas administrativas e, eventualmente judiciais, para a transferência da penitenciária para outro local.

PALAVRA DO PRESIDENTE

A proposta  sobre autonomia do Banco Central (BC) deve ser votada logo após o Carnaval, garante o  presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e um grupo de deputados estiveram com o presidente do BC, Roberto Campos Neto, para negociar uma série de visitas às bancadas partidárias para tirar dúvidas e ampliar o apoio ao texto.

MOEDA

Segundo o líder do MDB, deputado Baleia Rossi (MDB-SP), a partir da próxima semana o relator da proposta, deputado Celso Maldaner (MDB-SC), e o presidente do BC conversarão com as bancadas para mostrar a importância do projeto no combate à inflação e no fortalecimento da moeda brasileira.

INPC

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação para famílias com renda até cinco salários mínimos, registrou 0,19% em janeiro.A taxa é menor do que o 1,22% de dezembro e a menor para o mês de janeiro desde o início do Plano Real, em 1994, segundo dados divulgados hoje (7), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

ECONOMIA

Na próxima segunda-feira (dia 10), às 9h, aReceita Federal vai abrir a consulta a mais umlote residual deImposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), com restituições referentes aos exercícios de 2008 a 2019

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here