Semob intensifica ações em escolas durante Semana Nacional do Trânsito

0
295

As mesmas noções são repassadas aos idosos, que apresentam a mobilidade reduzida

Mais de três mil alunos das redes pública, privada e filantrópica participarão de ações da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) que celebram a Semana Nacional do Trânsito. As atividades foram intensificadas esta semana, mas se estendem ao longo do mês de setembro. Nesta quarta-feira (19), foi a vez das crianças e idosos da Legião da Boa Vontade (LBV), conhecerem o projeto e disputarem o Educamob, jogo criado pela Pasta.

De acordo com a supervisora de Educação para o Trânsito, Luciana Melo, durante o encontro são abordadas as leis de trânsito e principalmente a importância da travessia segura, uma vez que a maioria se desloca a pé ou de ônibus. As mesmas noções são repassadas aos idosos, que apresentam a mobilidade reduzida.

Ela reforça que este tipo de atividade é realizada ao longo de todo ano por diversas instituições de ensino. “Passamos essas orientações por meio do jogo, que reproduz um percurso no qual são aplicadas todas as regras de trânsito conforme o número sorteado em um dado. É muito importante ter essa ferramenta lúdica, especialmente com as crianças.”

O intuito é fazer com que elas se tornem cidadãos mais conscientes, acompanhando seu desenvolvimento desde a formação básica até o momento em que terão suas habilitações. “Não adianta conhecer e não praticar. Tem que haver um conhecimento maior para que sejam cometidas menos infrações. Isso só pode surgir a partir do respeito ao próximo e da empatia que são levados para as ruas”, diz Luciana.

Na opinião do titular da Pasta, Antenor Figueiredo é por meio da educação e conscientização que a sociedade alcançará um ambiente pacífico de tráfego. “Eles são os futuros condutores, por isso a educação para o trânsito se mostra tão importante quanto os demais aspectos da educação fundamental. Estas regras perpassam a construção da cidadania.”

O supervisor de relacionamento institucional da LBV conta que foram atendidas ali 230 crianças de seis a 15 anos, e 53 idosos, com idades a partir dos 60 anos. No centro comunitário de assistência social, os pequenos passam metade do dia, no turno inverso ao escolar. Lá, passam por oficinas de corpo e movimento e arte e cultura, além de realizarem atividades esportivas e receberem orientação com as tarefas.

“Essas ações ajudam muito porque a maioria utiliza transporte coletivo para chegar aqui. Então buscamos essa parceria todos os anos, para somar com a instituição e nossos atendidos”, finaliza Alcântara.

A agenda da semana também prevê ações por escolas como o tradicional Colégio São Gonçalo, no centro de Cuiabá, na quinta-feira (20). O jogo deve ser reproduzido para os alunos dos períodos matutino e vespertino.