Saúde de Mato Grosso destina mais de R$ 1 milhão a UPA’s

0
103

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) repassou, mediante Portaria 040/2019, o valor de R$ 1.218.750,00 (um milhão e duzentos e dezoito mil e setecentos e cinquenta reais) para seis municípios – incluindo a Capital – referente ao mês de janeiro, para o custeio de sete Unidades de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas.

Dentre as unidades e municípios contemplados, está Cuiabá e as UPA’s dos bairros Morada do Ouro e Pascoal Ramos, no valor total de R$ 487.500,00 (quatrocentos e oitenta e sete mil e quinhentos); Várzea Grande, UPA do bairro IPASE, no valor de R$ 325.000,00 (trezentos e vinte e cinco mil); Juína, UPA I, no valor de R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil); Rondonópolis, UPA III, R$ 162.500,00 (cento e sessenta e dois mil e quinhentos); Sorriso, UPA I, no valor de R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil) e Sinop, UPA II, no valor de R$ 113.750,00 (cento e treze mil setecentos e cinquenta).

Os recursos investidos são do Fundo Estadual de Saúde e se destinam à organização regionalizada da Rede de Atenção em Saúde, sendo uma contrapartida do Estado aos municípios.

Repasses

Recentemente, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, repassou a sétima parcela no valor de R$ 1.562.246,26 (um milhão quinhentos e sessenta e dois mil duzentos e quarenta e seis reais e vinte e seis centavos) ao Fundo Municipal de Saúde de Cuiabá e Rondonópolis.

O montante foi distribuído entre o Hospital Santa Casa de Rondonópolis, Hospital do Câncer de Mato Grosso, Hospital Geral Universitário, Hospital Santa Casa de Cuiabá, Hospital Santa Helena e o Instituto Lions da Visão.

Conforme o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, também estão sendo realizadas as transferências de recursos para auxiliar o pagamento das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) relativos ao mês de novembro dos municípios; de recursos para atenção básica relativa ao mês de janeiro; e uma série de outros auxílios aos municípios e consórcios intermunicipais de Saúde.

 

 

 

Credito: AMM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here