Oficina capacita “Amigas Empreendedoras” para produção de chocolate

0
148

om a proximidade da comemoração da Páscoa, a Secretaria de Assistência Social, por meio do projeto social “Amigas Empreendedoras”, iniciou nesta segunda-feira (08), no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Santa Maria a oficina profissionalizante na confecção de Ovos de Páscoa.

O curso segue uma programação que abrangerá as 4 unidades dos CRAS. Na terça-feira (09), o curso ocorre no CRAS São Mateus, na quarta-feira (10) Cristo Rei e na quinta-feira (11) no Jardim Glória I, no período vespertino às 14h. A qualificação beneficiará todas as integrantes do projeto que são de abrangência dos CRAS.

Segundo a Secretaria de Assistência Social, Flávia Omar, o objetivo do curso é ensinar as participantes a confeccionar ovos de Páscoa, na forma artesanal, para através desse trabalho auxiliar na melhoria da renda das famílias do município em vulnerabilidade, oportunizando o protagonismo das mesmas.

“Queremos possibilitar às famílias a ampliação das relações interpessoais e o desenvolvimento de habilidades para o mercado de trabalho. Hoje, muitas pessoas procuram os ovos de Páscoa artesanal, porque é mais barato e de bom sabor”, destacou a secretária.

De acordo com a coordenadora do projeto social, Bernadete Miranda, o objetivo do curso é promover a geração de renda para mulheres donas de casa que queiram aumentar o orçamento familiar nesta data comemorativa. “A intenção é motivar estas mulheres a ter uma renda extra durante o período da Semana Santa e a Páscoa”, afirma.

Com duração de quatro horas, o curso oferece noções básicas para a produção de embalagens decorativas, trufas e ovos de páscoa passo a passo, dicas e informações de onde comprar os ingredientes com valor mais acessível e tabela de preço dos ovos. “Na aula as alunas estão animadas e empolgadas com o resultado que a iniciativa proporcionará a elas, principalmente no que se refere a aprender a fazer chocolates que poderão ser vendidos não só na Páscoa, mas durante o ano todo”, frisou a coordenadora do projeto, Bernadete Miranda.

Para muitas alunas é a opção que faltava para driblar o desemprego, principalmente para aquelas que não estão trabalhando no momento. O dinheiro arrecadado com as vendas dos chocolates somará significativamente no orçamento da família. “Não tem quem não goste de chocolate, seja qual for à época. Claro que na Páscoa as vendas tendem a aumentar, mas, é um produto que tem procura o ano todo”, lembra a coordenadora.

Rosenete Maria Magalhães, 54 anos, do bairro Pai André, participou do curso com o objetivo de aprender para repassar as técnicas a membros da família. “Nem todo mundo tem condições de comprar ovos de chocolate industrializados. Fazer em casa é uma boa alternativa”, disse.

Com encomendas garantidas, Maria de Fátima Oliveira, 42 anos, residente no bairro 15 de Maio, que já tem experiência na produção de ovos de chocolate, decidiu participar do curso para aprimorar as técnicas. “Quero aprender coisas novas para inovar e, assim, conquistar mais clientes”, revelou.

O curso é totalmente gratuito e visa à capacitação das donas de casas, bem como o desenvolvimento econômico da população que reside nos bairros de abrangência. Durante o curso, as participantes do projeto social aprendem a fazer ovos de páscoa e bombons com diversidade de sabores e recheios.

 

 

Por: Secom/VG

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here