No próximo sábado (10) o Parque das Águas recebe arvores novas

0
176

Utilizada pela população cuiabana como ponto de lazer e turismo da capital, o Parque das Águas ganhara no próximo sábado (10) o plantio de cerca de 200 mudas de arvores, marca para acontecer a partir das 8h, a execução integra o projeto “Verde Novo – 300 mil arvores, Cuiabá 300 anos”, o projeto tem como propósito a implantação de 300 mil arvores em comemoração ao tricentenário da capital.

A proposta deve inicio na ultimo sábado (03), onde 500 mudas foram plantadas nas proximidades da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O planejamento feito é que sejam plantados 70% de espécies nativas da região e o restante composto por tipos naturais de outras locais.

“É um projeto que está dando certo e a tendência é melhorar cada vez mais. Acredito que a união entre as instituições e toda sociedade civil faz com que o maior vencedor seja a cidade como um todo. A iniciativa é de vital importância por diversos aspectos. Um deles, por exemplo, é questão do nosso clima. Temos uma cidade muito quente e isso está relacionado ao déficit de arborização existente atualmente. Precisamos combater essa taxa negativa para retomar o título de ‘Cidade Verde’. Por isso, estamos fazendo nosso dever de casa”, destacou o secretário-adjunto de Meio Ambiente, Jackson Messias.

No intuito de fazer o mapeamento da área uma equipe esteve nesta quinta-feira (08) fazendo uma visita técnica no parque, um dos presentes no ato, o superintendente executivo de Instituição Ação Verde, Vicente Falcão, destacou que na atuação de sábado contara também com distribuição de 1.000 mil mudas.

“Estamos procurando despertar a importância que tem esse projeto para toda Cuiabá. O Parque das Águas é um local que tem uma grande visibilidade e também precisa dessa intervenção. Dentro da nossa proposta, faremos essa interação com a população, distribuindo essa grande quantidade de mudas. É uma medida fundamental para demonstrar que essa questão da arborização não deve ser uma preocupação apenas do poder público, mas de todos os cuiabanos. O maior beneficiado com isso tudo é o próprio cidadão cuiabano”, comentou Falcão.

Com uma visão de longo prazo sobre o projeto “Verde Novo”, as entidades têm buscado envolver todo o município dentro da iniciativa, o representante do Juvam, Hugo Pfannemuller, contou que a escolha do Parque das Águas foi feita justamente pela movimentação do local.

“Temos um projeto ambicioso e queremos mostrar para a população que as ações estão em andamento. Pelo fato do Parque das Águas ser um local de grande movimentação, principalmente aos sábados, achamos por bem trazer a ação para esse espaço. Queremos que a população sinta que o projeto não está apenas no papel, mas tem tido um andamento efetivo. As ações serão realizadas ao longo de um grande período e pretendemos arborizar as vias urbanas, outros parques, escolas”, pontuou Hugo.

Crédito: Evelyn Souza/Reporter com informações da Assessoria