MP-PR denuncia Beto Richa por corrupção e fraude em licitação

0
81
Foto: Ricardo Almeida

O MP-PR (Ministério Público do Paraná), por meio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), ofereceu nesta 3ª feira (25.set.2018), denúncia criminal contra o ex-governador do Paraná Beto Richa. São citados crimes de corrupção passiva, corrupção ativa e fraude a licitação.

A denúncia cita as gestões de 2011 a 2014 e  de 2015 a 2018. Além do ex-governador, foram denunciadas outras 12 pessoas investigadas no âmbito da operação Rádio Patrulha.

Segundo a denúncia do MP-PR, com o intuito de beneficiar 3 empresas e mediante pagamento de propina, os denunciados teriam fraudado licitação para a implantação de “patrulhas mecanizadas” em todo o Estado. Os recursos eram destinados à recuperação de estradas.

O total dos pagamentos efetuados pelo Estado do Paraná às empresas conluiadas foi alcançaria R$ 101.905.930,58. A porcentagem que teria sido como propina pelos empresários foi de 8% sobre o total bruto, o que ultrapassaria R$ 8 milhões.

A defesa de Beto Richa diz que a denúncia é baseada em delação premiada “sem qualquer base em provas de suas falaciosas alegações“. Afirma que permanece a confiança na Justiça e que, em tempo certo, a verdade e a honra da família Richa serão restabelecidas.