Imóveis industriais: e-commerce impulsiona segmento e chama atenção do investidor

0
230

O comércio eletrônico é o maior impulsionador de crescimento dos imóveis industriais nos EUA, o que resulta em muitas oportunidades ao investidor brasileiro. A rentabilidade total desse tipo de investimento pode ser superior a 12% ao ano, em dólar.

Os espaços de distribuição e armazenamento estão muito aquecidos nesse momento, com alto volume de novas entregas de produtos, baixas taxas de capitalização e baixo nível de vacância. Os imóveis industriais mais antigos e/ou de estrutura flexível, que possuam vantagens competitivas embutidas no mercado e permitam retornos mais altos são o foco.

“Imóveis selecionados têm fluxo de caixa entre 8% e 12% anuais com TIR total (incluindo ganhos de capital) de 12% a 24%”, explica Pedro Barreto, chairman e fundador da Ativore Global Investments, empresa que assessora investidores na diversificação de ativos imobiliários no exterior.

Esse é um dos temas que será debatido durante a 4ª edição do Reglobal Conference, que reunirá investidores brasileiros e especialistas do mercado de imóveis para rendimento norte-americano.

IMÓVEIS INDUSTRIAIS (INDUSTRIAL REAL ESTATE)

São aqueles usados na fabricação, montagem, armazenamento e distribuição de mercadorias. De modo geral, essa classe de ativos pode ser dividida em algumas categorias distintas:

– Distribuição/Armazém: em amplo crescimento por causa da expansão do e-commerce, são imóveis que necessitam estar bem localizados a fim de atender às demandas logísticas de distribuição. O fácil acesso às principais rotas para os caminhões é determinante, assim como a estrutura, que deve ser ampla, com bom espaço para armazenar cargas empilhadas no alto e portas que facilitem entrada e saída delas (ex: portas de docas).

– Fabricação: infraestrutura que atende às necessidades de fabricação de produtos de manufatura, incluindo especificidades como climatização (ou não) do ambiente, normalmente localizada em área com ampla oferta de mão de obra qualificada e estrutura que a suporte no local de trabalho, como extensa área para estacionamento.

– Imóvel industrial flexível: geralmente uma combinação de escritório conectado à área de fabricação ou depósito, serve a usos menores ou particulares, como ser a sede de uma pequena empresa (menor que 10 mil m2).

Ativore Global Investments – ASSESSORIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here