China realiza nova compra de soja dos EUA, com menor tensão comercial

0
317

Importadores chineses compraram uma quantidade não especificada de soja dos Estados Unidos nesta terça-feira, nos primeiros grandes negócios depois de terem contratado mais de 1,5 milhão de toneladas em embarques norte-americanos na semana passada, disseram três operadores com conhecimento dos acordos.

Uma representante do Conselho de Exportação de Soja dos EUA também confirmou as novas compras, citando três fontes na China, mas não soube dizer qual foi o volume dos negócios.

Os acordos foram a mais recente evidência de que a China está cumprindo as promessas de comprar produtos agrícolas dos Estados Unidos como parte de uma trégua na guerra comercial firmada entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e seu colega chinês, Xi Jinping, no início deste mês.

As novas compras impulsionaram os futuros da soja na Bolsa de Chicago nesta terça-feira, apesar dos mercados de grãos estarem mornos pelo ritmo mais lento do que o esperado das aquisições pelo maior importador de oleaginosa do mundo.

Os prêmios de exportação nos terminais na Costa do Golfo e no Pacífico, no noroeste dos EUA, avançaram 5 centavos de dólar por bushel, ecoando a nova onda de aquisições.

Empresas estatais chinesas reservaram mais de 1,5 milhão de toneladas de soja norte-americana para serem entregues de janeiro a março, a primeira grande compra da China do produto dos EUA em seis meses.

Porém o volume das vendas foi decepcionante para operadores, que esperavam uma compra maior desde que Trump disse em entrevista à Reuters na semana passada que a China compraria uma “tremenda quantidade” de soja.

Autoria: Reuters