Abril registra alta nos preços de 15 itens das principais hortaliças

0
26

Os preços de 15 itens hortifrutigranjeiros comercializados na Central de Abastecimento de Cuiabá tiveram alta nesse início de abril. Os destaques foram o aumento do preço do tomate e do jiló. A informação é da Secretaria Estadual de Agricultura Familiar (Seaf), que divulga nesta quarta-feira (03.04) a cotação semanal de preços dos principais produtos da agricultura familiar.

A caixa de 20 kg do tomate, que na semana passada custava R$ 100,00, hoje custa R$ 120,00. O jiló está com preço de R$ 40,00 a caixa com 15 kg, enquanto que há uma semana essa mesma quantidade era vendida a R$ 30,00. Alface, acelga, brócolis, rúcula, couve, abóbora, berinjela, pepino caipira, pimentão, pimenta de cheiro, mamão e maçã também tiveram alta nos preços. A variação nos valores desses produtos é de R$ 2,00 a R$ 5,00. Para o engenheiro agrônomo e coordenador de acessos aos mercados da Seaf, Luiz Henrique Carvalho, fatores climáticos e a entressafra são os responsáveis pelo aumento dos preços desses 15 itens hortifrutigranjeiros.

Milho, vagem, alho, batata, mandioca, abacate, banana nanica, uva rubi e tangerina tiveram queda nos preços comercializados no atacado. A queda maior foi sentida nos valores da vagem e do abacate. Esse último teve uma reduação de R$ 15,00 no preço, passando a custar R$ 50,00 a caixa com 20 kg. Na terça passada custava R$ 65,00. Já a caixa da vagem com 12 kg está ao preço de R$ 80,00. Há uma semana era vendido a R$ 100,00. A explicação para a diminuição dos preços, segundo Luiz Carvalho, se deve a grande oferta desses produtos nesse período.

A cotação de preços dos principais produtos da agricultura familiar é realizada semanalmente, por técnicos da Seaf, Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e prefeitura de Cuiabá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here